Seguidores

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

21/Jan - Dia Mundial das Religiões (Ecumenismo da Nova Ordem Mundial)


21/01/2012DIA MUNDIAL DAS RELIGIÕES, DATA COMEMORATIVA, ESTRATÉGICA E ECUMÊNICA
Data comemorativa, estratégica e ecumênica criada pela fé ecumênica dos Bahá'ís, pautada nos ideais da Nova Ordem Mundial

Primeiramente, vamos entender como esse dia surgiu.

Bahauallah - Mirzá Husayn-'AlíO dia mundial das religiões foi criado pelas leis espirituais de Baha’u’llah (o fundador da Fé Bahá'í (veja Bahá'í no Brasil), a mais jovem das grandes religiões mundiais) em seu Kitáb-í-aqdas (o livro central da Fé Bahá'í, escrito por Bahá'u'lláh), a carta magna da nova ordem mundial. Nesse caso, foi usado o seguinte artigo:

K75- “…Convivei, pois, com os seguidores de todas as religiões, e proclamai a Causa de vosso Senhor, o Mais Compassivo. É esse o próprio diadema de todos os atos, se sois dos que compreendem..”

A lei de Baha’u’llah sai da Casa Universal de Justiça e Guardiania e é entregue aos Bahá’is da ONU através do ECOSOC (Conselho Econômico e Social da ONU). Essa instituição encaminha a lei espiritual para osBahá’is de cada país, onde prestam acessória aos governantes. Nesse caso, foio ex-presidente “lula”, um iniciado no bahaismo  e apoiado pelo esotérico cantor Gilberto Gil que transformaram a melodia unificadora do rouxinol místico (Habacuque 2:5) na seguinte lei em linguagem humana:

LEI Nº 11.635, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2007.

Institui o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa.

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1o Fica instituído o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa a ser comemorado anualmente em todo o território nacional no dia 21 de janeiro.

Art. 2o A data fica incluída no Calendário Cívico da União para efeitos de comemoração oficial.

Art. 3o Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Brasília, 27 de dezembro de 2007; 186o da Independência e 119o da República.

LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA – Gilberto Gil

A comemoração do dia Mundial da Religião teve início em 2008; e desde essa data o ativismo ecumênico, travestido com o nome de intolerância religiosa pelo então presidente, deu origem ao ativismo.

A Comunidade Bahá’í com aproximadamente 7 milhões de adeptos, é a segunda religião mais difundida no mundo, superada apenas pelo Cristianismo, conforme afirma a Enciclopédia Britânica. Os bahá’ís residem em 178 países do mundo (inclusive aqui no Brasil, veja o site), em praticamente todos os territórios e ilhas do globo.

A Comunidade Bahá’í está estabelecida no Brasil desde fevereiro de 1921, com a vinda da Sra. Leonora Holsapple Armstrong. A Sra. Armstrong faleceu na Bahia, em 1980 e desde aquele ano, Assembléias Legislativas Estaduais e Câmaras Municipais de Vereadores de diversas capitais e cidades brasileiras a têm homenageado concedendo seu nome a praças e logradouros públicos, dentre estas, citamos Manaus, Vitória, Natal, Rolândia, Londrina, Juiz de Fora. Hoje os bahá’ís formam um contingente de aproximadamente 57.000 pessoas, das mais diversas classes sociais, culturais e econômicas, residentes em aproximadamente 1.215 cidades e municípios brasileiros, em todas as regiões.

Num dos documentos disponíveis no site Brasileiro dos Bahá'í, podemos ver que eles acreditam que a Paz Mundial será alcançada em breve e que isso pode acontecer às custas de horrores inimagináveis! Leia.

Conheça um dos blogs dos Bahá'í no Brasil - http://sasg.bahai.org.br/


Dco. Marcos Ferreira
 


www.amigosdebolso.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar e indicar o Apocalipse Now.