Seguidores

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Igreja Não é templo de Pedra. Igreja somos nós.

Por: Rubens Sodré (Verdade Oculta)

O templo de Salomão não foi construído para Deus, mas sim para o demônio.


Leia este estudo com bastante atenção e assista ao vídeo anexo. 

Você entenderá que:

A CASA de Deus, o templo de Deus, somos nós.
Que o templo construído por Salomão, não foi feito para adorar o nosso Criador.
Que Jeremias, foi enviado para destruir o templo.
Que Davi nunca entrou num templo para adorar o Criador.
Que Jesus ao expulsar os mercadores, cambistas, não estava zelando pelo templo de pedra, mas sim pelo templo que somos nós (Povo de Deus).

Vídeo publicado no Youtube em: 08/05/2013


Fico feliz, em vir  à tua casa, comer e beber guaraná!
(Irmão Rubens brinca cantando uma versão distorcida de um conhecido louvor, normalmente cantado assim por algumas crianças)

Eu só sei esta versão, não sei a verdadeira, mas diz respeito à Igreja, diz respeito a ir à Igreja (Que bom é vir a sua casa para te adorar), mas esta porcaria não me interessa!

Rubens Sodré e Amadinha
Hoje estamos aqui para falar sobre a Igreja. O assunto sobre a Igreja, não é um assunto vasto, não precisamos esmiuçar ou explicar muito, não precisamos explicar tanto! Porém, algumas coisas quando repetidas insistentemente na sua mente tornam-se como raízes, cauterizam, drenam e tornam o solo do conhecimento infértil. Estas raízes chamam-se: Sistema Religioso.

Vamos agora entregar em suas mãos um machado para que você corte estas raízes.

Tirando-se as raízes (O templo), o que seria então desses homens que hoje iludem o povo? Você conseguiria imaginar o Bispo Macedo sem seu templo? Mas, certamente podemos imaginar Pedro, sem um templo e sem uma denominação; Conseguimos visualizar Paulo sem templo e sem denominação e tantos outros apóstolos, inclusive o próprio Salvador, que não tinha templo e nem denominação!

Mas acaso, conseguimos imaginar um Valdemiro sem templo?

Imaginem Jeremias, sem um templo; É bem possível, pois Jeremias pregou contra o templo: “O criador do céu e da terra me enviou, para pregar contra este templo, contra este lugar e contra a ação deste povo” está escrito isso bem claro no velho testamento.

Igeja, Templo, Visão Associativa
Portanto, o assunto proposto (Igreja) é muito claro. Porém, como houve infinitas repetições (da mesma mentira), ele criou raízes profundas no imaginário nas mentes das pessoas e hoje nós vamos lhe entregar o machado para se livrar destas raízes.

Jeremias denunciou assim: Vocês dizem templo do Senhor é este, templo do Senhor é este...

Então quando se repete indefinidamente que o templo do Senhor é este, passamos a acreditar naquilo.
Existe na mente humana o poder associativo, poder dado por Deus. Quando você repete muitas vezes uma certa palavra, é comum associá-la imediatamente à palavra que vem logo atrás. Exemplo: O Pai da Mônica teve cinco filhos, Lálá, Lelé, Lili, Loló e... (a mente associativa dirá imediatamente que o próximo é Lulu) mas a se prestarmos atenção ao início da frase, veremos que o próximo nome deveria ser: Mônica.

Portanto, com a mente associativa, não perceberíamos jamais que o quinto filho(a) seria Mônica!
O sistema illuminati usa esta tática o tempo todo, assim como o processo religioso, que procura nos induzir ao erro constantemente.

Façamos mais um teste:

Peça ao seu filho que repita inúmeras vezes, de forma repetitiva a palavra ema, ema, ema, ema... logo em seguida pergunte a ela qual a cor do ovo? Ele certamente lhe dirá: Ema.
Façamos um novo teste:

Pegue uma pessoa e repita de forma enfática o nome Colombo, cAlombo, repetidas vezes dentro da mesma frase ou assunto; Em seguida pergunte abruptamente para esta pessoa: Quem descobriu o Brasil? Ela certamente lhe dirá: Colombo.

Vemos na foto ao lado uma Igreja típica; Quando falamos em Igreja, imediatamente associamos esta palavra à imagem vista ao lado, uma construção feita por homens e consagrada a Deus. Temos a visão de que esta é a casa de Deus.

Mostre à criança uma cadeira e ela imediatamente lhe dirá: Cadeira, mostre a uma criança uma Igreja e ela imediatamente lhe dirá: Igreja, isso através da mente associativa.

Usaremos então esta imagem, de uma Igreja básica, tradicional e antiga para que neste trabalho possamos entender aquilo que está na nossa mente e aquilo que realmente vem a ser: Igreja.

No vídeo abaixo, destaco um trecho no qual pessoas cantam, pulam, dançam e batem palmas em ritmo de euforia.

Geralmente as pessoas entendem que este é o local apropriado para pular, dançar, cantar e o nosso corpo sente prazer nisso! Por isso quando esse povo reprimido (que não pode frequentar bares, bailes e outros) encontra este local, então pula e extravasa toda a sua repressão, numa prática comum em todos esses lugares.

Mas... isso, é realmente aquilo que está escrito e que o Criador espera realmente que façamos?

Utilize o seu raciocínio, a sua inteligência, que o Criador te deu, diferenciando-o dos demais animais, para analisar e entender o que está verdadeiramente na escritura. Isso foi dito inclusive pelo profeta Ageu, referindo-se também ao templo (construção humana).

Permita que as coisas assumam o verdadeiro lugar na sua mente, outrora tomado pela mente associativa, por conta de repetições.

Portanto, a imagem acima representa hoje na sua mente, a Igreja, Casa de Deus, Templo de Deus, Consagrado a Deus e normalmente você irá associá-la também ao seu pastor, ao Valdemiro, ao Bispo Macedo e outros...

Está escrito: Alegrei-me quando me disseram, vamos à casa do Senhor – Salmos 122:1

Quem disse esta palavra foi Davi e certamente você também já ouviu o seu Pastor repetir inúmeras vezes esta mesma frase, usada para dizer assim: Irmãos, é bom estarmos aqui, reunidos, pois está escrito: Alegrei-me quando me disseram, vamos à casa do Senhor – Salmos 122:1  - Repitam comigo: Alegrei-me quando me disseram, vamos à casa do Senhor.

Com estas repetições, você realmente entende e associa que aquela é a casa do Senhor. Afinal de contas o próprio Davi o disse! Mas, será que disse mesmo?

“A palavra que da parte de Deus veio a Jeremias, dizendo: Põe-te à porta da casa do Senhor, e proclama ali esta palavra, e dize: “ – Jeremias 1:7,8

Esta é outra palavra que pode e normalmente é usada pelos pastores. Olhe mais uma vez a imagem da Igrejinha e perceba que esta é a imagem de Igreja que está em sua mente e imediatamente é associada também ao trecho bíblico acima.

“E disse aos que vendiam pombos: Tirai daqui estes, e não façais da casa do meu Pai, casa de comércio!” – João 2:16

Quando um Pastor fala isso, eu penso: Qual pessoa consegue ver esta “casa do meu Pai” como outra coisa, senão como um templo construído por homens? Como a Igrejinha da imagem acima?

Quando você é levado a acreditar que estes fragmentos bíblicos, pedacinhos, versículos, são verdades, você é levado ao erro; Cabe a você decidir agora cortar a raiz ou deixa-la crescer!

Estas raízes na verdade são espinheiros, pois quando você sai é imediatamente amaldiçoado, excomungado!
Vamos ver com mais detalhes a primeira exposição de texto bíblico, feita acima: “Alegrei-me quando me disseram: vamos à casa do Senhor”.

Quando Davi viveu existia o templo de Salomão?

Como Davi poderia dizer então: Vamos à Casa do Senhor?

A bíblia mostra claramente que Davi viveu naquela época e que Salomão ainda não havia construído o templo. Portanto o templo citado por Davi, não poderia referir-se a um templo feito de pedras ou de alvenaria.

Se te enganam com esta palavra, não estariam eles te engando em muitas outras coisas também?

No vídeo abaixo você verá pessoas pulando, dançando, cantando, mas você acha que isso é coisa normal?

De maneira nenhuma Davi poderia estar falando de um templo feito de alvenaria, pois o templo de Salomão ainda não existia, não havia um templo. Então, sobre o que Davi estava falando ao dizer: “Alegrei-me quando me disseram: Vamos à Casa do Senhor”?

Hoje, por permissão do Pai e através da tecnologia de comunicação em massa, podemos chegar até você, com esclarecimentos sobre este assunto.

- Alegrei-me quando me disseram: Vamos à Casa do Senhor. Os nossos pés estão dentro das tuas portas ó Jerusalém.

-“Alegrei-me quando me disseram: Vamos à Jerusalém.

Davi estava alegre poder estar em Jerusalém, mas o seu Pastor te faz acreditar que Davi estava se referindo aos templos de pedra, às igrejas de alvenaria. Te induzem até o lamaçal do erro!

Os Pastores, de forma repetitiva, fazem com que a sua mente associe que o templo construído por eles são hoje a casa do Senhor!

1 Alegrei-me quando me disseram: Vamos à casa do Senhor.

2 Os nossos pés estão parados dentro das tuas portas, ó Jerusalém!

3 Jerusalém, que és edificada como uma cidade compacta,

4 aonde sobem as tribos, as tribos do Senhor, como testemunho para Israel, a fim de darem graças ao nome do Senhor.

5 Pois ali estão postos os tronos de julgamento, os tronos da casa de Davi.

6 Orai pela paz de Jerusalém; prosperem aqueles que te amam.

7 Haja paz dentro de teus muros, e prosperidade dentro dos teus palácios.

8 Por causa dos meus irmãos e amigos, direi: Haja paz dentro de ti.

9 Por causa da casa do Senhor, nosso Deus, buscarei o teu bem.

Estamos lendo o livro santo, a bíblia, então porque Davi não mencionou nesta palavra o Templo, Igreja? Aliás, Davi nasceu, viveu e morreu e nunca esteve ou frequentou um templo (Igreja)!

O que é Hipocrisia?

Hipocrisia é uma coisa bonita de se praticar?

Não é melhor reconhecermos que andamos errado, que entendemos errado e procurarmos nos endireitar?

Não nos propomos a liderar, nem muito mesmo assumirmos responsabilidade sobre você! Não adianta você sair da sua denominação e procurar outro líder!

O nosso líder é um só. Só há um batismo, Só uma salvação, Só existe um sobre Todos e por Todos: o PAI, o Eterno.

Porque, subindo aos céus o salvador, levou cativo o cativeiro aquilo que prendia um homem ao outro (a religião). Aquilo que prendia os homens, a lei de Moisés! Distribuindo entre os homens os seus dons.
Exerça o seu dom, Leve a palavra! A verdade que você agora está recebendo!

O que é verdadeiramente CASA DO SENHOR? A CASA DO CRIADOR?

Olhe novamente para a imagem da Igrejinha acima, e perceba que na sua mente ela começa a se apagar, que a sua mente agora começa a vê-la como ela realmente é. Isso porque agora você já tem em suas mãos o machado (o conhecimento) e cabe a você, livrar-se de todas as raízes da sua mente associativa.

A nossa relação com o PAI é muito mais íntima do que aquela ensinada pelos Pastores.

Analisemos então o segundo trecho bíblico muito utilizado pelos Pastores (Jeremias 7:1-8):

1 A palavra que da parte do Senhor veio a Jeremias, dizendo:   

2 Põe-te à porta da casa do Senhor, e proclama ali esta palavra, e dize: Ouvi a palavra do Senhor, todos de Judá, os que entrais por estas portas, para adorardes ao Senhor.   

3 Assim diz o Senhor dos exércitos, o Deus de Israel: Emendai os vossos caminhos e as vossas obras, e vos farei habitar neste lugar.   

4 Não vos fieis em palavras falsas, dizendo: Templo do Senhor, templo do Senhor, templo do Senhor são estes.   

5 Mas, se deveras emendardes os vossos caminhos e as vossas obras; se deveras executardes a justiça entre um homem e o seu próximo;   

6 se não oprimirdes o estrangeiro, e o órfão, e a viúva, nem derramardes sangue inocente neste lugar, nem andardes após outros deuses para vosso próprio mal,   

7 então eu vos farei habitar neste lugar, na terra que dei a vossos pais desde os tempos antigos e para sempre.   

8 Eis que vós confiais em palavras falsas, que para nada são proveitosas.

Se um Pastor ler a palavra acima para a sua Igreja, certamente irá impor o processo da mente associativa, fazendo com que os eu povo acredite que o texto se refere ao templo de pedra, de alvenaria, à sua Igreja.
Por isso é importante que conheçamos a palavra do PAI na sua íntegra!

Naquela época (de Jeremias) as pessoas tinham o direito de entrar no templo para adorar? Não. As pessoas não podiam entrar no templo.

Se as pessoas não tinham o direito de entrar no templo para adorar, como é que Jeremias poderia dizer aquilo? Ele não diria isso para os Judeus, jamais!

- Ouvi a palavra do Senhor, todos de Judá, os que entrais por estas portas, para adorardes ao Senhor.  (Jeremias 7:2) 

Se no templo só poderiam entrar sacerdotes, levitas, Jeremias não diria isso para os Judeus!
Outra coisa, sacerdotes e levitas não entravam ali para adorar, mas sim para guardarem os objetos sagrados; Até a queima era feita fora.

Jeremias, assim como Davi, não estava referindo-se ao templo.

A mente associativa, imediatamente nos leva a associar esta passagem ao templo de pedra. Afinal de contas o nosso pastor “ungido de Deus” nos ensinou assim. E se foi o ungido que falou não podemos de maneira nenhuma questionar, não é verdade?

Um Pastor, ao ler a passagem de Jeremias 7:1-8 certamente lhe fará acreditar que Jeremias estava referindo-se à Igreja, ao templo de Pedra.

Mas, se as pessoas não podiam entrar no templo, como Jeremias pode dizer aquilo?

- Ouvi a palavra do Senhor, todos de Judá, os que entrais por estas portas, para adorardes ao Senhor.  (Jeremias 7:2) 

Jeremias não estava falando do templo, porque o povo não podia entrar no templo para adorar!

Pergunte para o teu pastor, se o povo podia entrar no templo para adorar.

O templo, foi construído depois da morte de Davi. Jeremias viveu na época do templo de Salomão, mas definitivamente não ser referia ao templo porque naquele local não era permitida a entrada do povo de judá (os judeus).

3 Assim diz o Senhor dos exércitos, o Deus de Israel: Emendai os vossos caminhos e as vossas obras, e vos farei habitar neste lugar (referindo-se a Jerusalém). (Jeremias 7:3)

Como poderia Jeremias dizer ao povo para habitar no templo, se eles nem mesmo podiam entrar ali para adorar?

4 Não vos fieis em palavras falsas, dizendo: Templo do Senhor, templo do Senhor, templo do Senhor são estes.

5 Mas, se deveras emendardes (endireitardes) os vossos caminhos e as vossas obras; se deveras executardes a justiça entre um homem e o seu próximo;

Aqui, vemos que Jeremias ensinava ao povo para não acreditarem em falsas palavras, que viviam repetindo templo do Senhor, templo do Senhor e que na verdade deviam mesmo era endireitar seus caminhos, deviam praticar boas obras, executar a justiça, ser justo, amar o seu próximo, não mal tratar as pessoas, os órfãos, as viúvas, não andar após outros deuses e etc...

Jeremias diz então:

6 se não oprimirdes o estrangeiro, e o órfão, e a viúva, nem derramardes sangue inocente neste lugar (sacrifícios de animais), nem andardes após outros deuses (imagens, deuses de barro, de pedra) para vosso próprio mal,

7 então eu vos farei habitar neste lugar (Jerusalém)...

Que lugar é este que Jeremias está dizendo? Seria o templo? Seria a Igreja?

- Vocês confiam e repetem que este Templo é de Deus, mas estão confiando em palavras falsas.  (Isso é o que Jeremias estava a dizer).

Ouvi a palavra do Senhor, todos de Judá, os que entrais por estas portas, para adorardes ao Senhor. (Jeremias 7:2)

No versículo acima, Jeremias refere-se às portas de Jerusalém, pois era ali que o PAI era adorado. Jerusalém era o local que o Criador fez para exaltar o seu nome! Ali eram levadas as ofertas, os dízimos, as bebidas fortes e adorações.

Leiamos então, o trecho acima, da maneira correta e não da forma que o sistema religioso lhe impõe: “A palavra, que da parte do PAI (o Criador), veio ao seu profeta (Jeremias) dizendo: Pôe-te à porta de entrada de Jerusalém. Proclame ali esta palavra dizendo: Ouvi a palavra do Criador todos que entram por estas portas (de Jerusalém) para adorá-lo.

Portanto, Jeremias não se colocou à porta de um Templo (de pedra, de alvenaria), mas sim às portas de Jerusalém! E a nossa Jerusalém será a Jerusalém espiritual.

Então eu creio que, o cabo do machado agora já está completo em suas mãos, falta agora entregar-lhe a lâmina, para que você corte de uma vez as raízes da sua mente associativa:

Você viu então que Davi não se alegrou em entrar no templo, pois ele nunca entrou num templo.

Você viu que, Jeremias não se referiu ao templo de pedra e que na verdade ele estava falando de Jerusalém.
Com isso, eu creio que você está se livrando das mentiras a respeito dos templos construídos para adoração de deuses estranhos, deuses estes, que o próprio criador, pela boca de Jeremias nesta passagem denuncia: (Não ande após outros deuses, para o seu próprio mal).

“E disse aos que vendiam as pombas: Tirai daqui estas coisas; não façais da casa de meu Pai casa de negócio.  – João 2:16”

Quando você lê esta passagem na bíblia, ou quando você ouve repetidamente nas igrejas, nos filmes e em outros lugares; Na sua mente, você acredita que o trecho acima, trata realmente do templo de pedra, da igreja de alvenaria.

Perceba que a imagem da Igrejinha já está ficando cada vez mais apagada na sua mente.
Já mostramos o sentido real da figura de um Pastor: Apresentar os campos verdejantes para as ovelhas. Quem dá os campos verdejantes é o PAI, o Criador e você, como ovelha deve se alimentar e distribuir este alimento. Mostre às pessoas os campos verdejantes!

“E disse aos que vendiam as pombas: Tirai daqui estas coisas; não façais da casa de meu Pai casa de negócio. – João 2:16”

Nesta passagem, o Salvador já havia crescido, já estava com seus trinta e poucos anos e teve um momento na vida dele em que ele estava cansado de ver a casa do PAI transformada em local de comércio.

Ali Jesus encontrou no TEMPLO, cambiadores e vendedores, fez então um chicote e os expulsou dali. Todos foram expulsos, com suas mercadorias, seus bois e seus dinheiros foram jogados ao chão.

Vemos então que havia BOIS e OVELHAS dentro do TEMPLO. Podiam estes animais serem levados para dentro do Templo? Que templo era este? (João 2:14-21)

14 E achou no templo os que vendiam bois, ovelhas e pombas, e também os cambistas ali sentados;   

15 e tendo feito um azorrague de cordas, lançou todos fora do templo, bem como as ovelhas e os bois; e espalhou o dinheiro dos cambistas, e virou-lhes as mesas;   

16 e disse aos que vendiam as pombas: Tirai daqui estas coisas; não façais da casa de meu Pai casa de negócio.   

17 Lembraram-se então os seus discípulos de que está escrito: O zelo da tua casa me devorará.   

18 Protestaram, pois, os judeus, perguntando-lhe: Que sinal de autoridade nos mostras, uma vez que fazes isto?   

19 Respondeu-lhes Jesus: Derribai este santuário, e em três dias o levantarei.   

20 Disseram, pois, os judeus: Em quarenta e seis anos foi edificado este santuário, e tu o levantarás em três dias?   

21 Mas ele falava do santuário do seu corpo.  

No versículo 16 temos a impressão de que Jesus estava realmente dizendo que o templo era a casa do PAI. Mas vejamos bem: Se fazemos uma viagem e passamos pela serra do mar e vislumbramos uma paisagem maravilhosa, certamente, todas as vezes que virmos um trecho de mata associaremos aquele trecho de mata à serra do mar.

Se ascendermos uma fogueirinha à beira do mar, todas as vezes que virmos uma fogueira, nos lembraremos daquela fogueirinha que um dia ascendemos à beira do mar.

Coisa semelhante aconteceu então com os discípulos de Cristo; Ao ouvirem aquela palavra, imediatamente associaram-na a algo que um dia haviam lido: O zelo da tua casa me devorará.

Aí vem a pergunta: Os discípulos ser recordaram desta palavra por que se lembraram de alguém quem dia também teve zelo pela casa, pelo prédio, ou moradia de seu pai e também foi devorado? Sim, os discípulos se lembraram que o zelo pela casa do pai, um dia devorou alguém.

A dois mil anos esta palavra está escrita: O ZELO DA TUA CASA ME DEVORARÁ

Vamos analisar agora o seguinte texto bíblico: (Salmos 69:2-9)

2 Atolei-me em profundo lamaçal, onde não se pode firmar o pé; entrei na profundeza das águas, onde a corrente me submerge.   

3 Estou cansado de clamar; secou-se-me a garganta; os meus olhos desfalecem de esperar por meu Deus.   

4 Aqueles que me odeiam sem causa são mais do que os cabelos da minha cabeça; poderosos são aqueles que procuram destruir-me, que me atacam com mentiras; por isso tenho de restituir o que não extorqui.   

5 Tu, ó Deus, bem conheces a minha estultícia, e as minhas culpas não são ocultas.   

6 Não sejam envergonhados por minha causa aqueles que esperam em ti, ó Senhor Deus dos exércitos; não sejam confundidos por minha causa aqueles que te buscam, ó Deus de Israel.   

7 Porque por amor de ti tenho suportado afrontas; a confusão me cobriu o rosto.   

8 Tornei-me como um estranho para os meus irmãos, e um desconhecido para os filhos de minha mãe. 
  
9 Pois o zelo da tua casa me devorou, e as afrontas dos que te afrontam caíram sobre mim.  

As afrontas daqueles que afrontam o próprio Criador (o processo religioso) caíram sobre Davi. O seu zelo pelo seu próprio povo o devorou.

Os discípulos de Cristo então naquele momento de ira, quando Jesus expulsava a todos daquele local, lembram-se desta passagem. Lembram-se que um dia Davi foi devorado pelo zelo da casa do Senhor.
Lembram-se que Davi zelava, cuidava tanto do seu povo, que tornou-se um estranho para sua mãe e seus irmãos.

Fica claro então que a Casa citada nesta passagem, não se refere ao templo de pedra. Pois Davi não tinha templo, Davi não zelava por um templo, mas sim por um povo!

Sabemos que Jesus um dia foi impedido de entrar no templo.

Os discípulos um dia se maravilharam com a beleza de um templo e Cristo lhes disse: Não ficará pedra sobre pedra, pois será derrubado!

A casa citada por Cristo naquele momento, era o seu Povo! Estavam fazendo do seu povo, comerciantes e mercenários! (João 2:19-21)

19 Respondeu-lhes Jesus: Derribai este santuário (Povo), e em três dias o levantarei.

20 Disseram, pois, os judeus: Em quarenta e seis anos foi edificado este santuário (Templo de pedra), e tu o levantarás em três dias?

21 Mas não entediam que Jesus falava do santuário do seu corpo. (Em três dias ressuscitou, em três dias nos resgatou).

Você ainda acredita que Jesus falava do templo de pedra?

Você ainda acredita que Jesus falava do pão físico?

Você ainda acredita que Jesus falava do sangue físico?

Está escrito: O zelo por nós (seu povo) o devorou. Jesus Cristo foi devorado por conta do seu zelo pelo seu povo!!!

Não façais do meu povo, povo de comércio!

O corpo, a casa, o templo, somos nós!!!

Comparemos a imagem da Igrejinha com a imagem do templo de Salomão:

No templo de Salomão só entravam os Sacerdotes e os Levitas. Não é verdade?

Mas, quando os pastores nos falam da Igreja, nos levam a achar que a Igreja, o processo religioso que se faz hoje dentro dela, é o mesmo que era feito no templo de Salomão...

No templo de Salomão, apenas os Sacerdotes, podiam entrar. No templo de Salomão eram guardados os objetos de ouro. Nenhuma das práticas praticadas nas igrejas de hoje eram praticadas no templo de Salomão.

No templo de Salomão não existia Pastor, no templo de Salomão não existia Padre, no templo de Salomão não existiam tocadores, instrumentistas e dançarinos.

O templo que o Salvador entrou foi o templo de Herodes!



II Samuel 7:12-17 - PROMESSA

12 Quando teus dias forem completos, e vieres a dormir (Morrer) com teus pais, então farei levantar depois de ti um dentre a tua descendência (Jesus), que sairá das tuas entranhas, e estabelecerei o seu reino.   

(Entenda que: Salomão foi levantado e criado, quando Davi seu Pai, ainda era vivo. Nesta passagem, Deus  faz a Davi uma promessa pós morte, uma promessa para se cumprir depois sua morte. Promessa que se cumpriu com a vinda de Jesus).

13 Este edificará uma casa (um povo) ao meu nome, e eu estabelecerei para sempre o trono do seu reino.   (Casa, somos nós! Jesus edificaria então um povo.)

14 Eu lhe serei pai, e ele me será filho. E, se vier a transgredir, castigá-lo-ei com vara de homens, e com açoites de filhos de homens;  (Deus promete aqui, que se o Salvador, Jesus Cristo viesse a transgredir sua palavra, seria então castigado. Ele não transgrediu, mas o sistema religioso o castigou mesmo assim).

15 mas não retirarei dele a minha benignidade como a retirei de Saul, a quem tirei de diante de ti.  

16 A tua casa (povo), porém, e o teu reino serão firmados para sempre diante de ti; teu trono será estabelecido para sempre.   

17 Conforme todas estas palavras, e conforme toda esta visão, assim falou Natã a Davi.

Muitos acham que Davi foi autorizado por Deus a construir aquele Templo. Mas isso não é verdade!


Lucas 1:30-33 - CUMPRIMENTO

30 Disse-lhe então o anjo: Não temas, Maria; pois achaste graça diante de Deus.   

31 Eis que conceberás e darás à luz um filho, ao qual porás o nome de Jesus.   

32 Este será grande e será chamado filho do Altíssimo; o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi seu pai;   

33 e reinará eternamente sobre a casa de Jacó, e o seu reino não terá fim.   

A FADA DO SONHO

Esta fada não é onisciente e nem onipresente. Salomão sonhou com um demônio:

5 Em Gibeão apareceu o Senhor a Salomão de noite em sonhos, e disse-lhe: Pede o que queres que eu te dê.   

6 Respondeu Salomão: De grande benevolência usaste para com teu servo Dai, meu pai, porquanto ele andou diante de ti em verdade, em justiça, e em retidão de coração para contigo; e guardaste-lhe esta grande benevolência, e lhe deste um filho, que se assentasse no seu trono, como se vê neste dia.   
7 Agora, pois, ó Senhor meu Deus, tu fizeste reinar teu servo em lugar de Davi, meu pai. E eu sou apenas um menino pequeno; nao sei como sair, nem como entrar.   

8 Teu servo está no meio do teu povo que elegeste, povo grande, que nem se pode contar, nem numerar, pela sua multidão.   

9 Dá, pois, a teu servo um coração entendido para julgar o teu povo, para que prudentemente discirna entre o bem e o mal; porque, quem poderia julgar a este teu tão grande povo?   

10 E pareceu bem aos olhos do Senhor o ter Salomão pedido tal coisa.   

11 Pelo que Deus lhe disse: Porquanto pediste isso, e não pediste para ti muitos dias, nem riquezas, nem a vida de teus inimigos, mas pediste entendimento para discernires o que é justo,   

12 eis que faço segundo as tuas palavras. Eis que te dou um coração tão sábio e entendido, que antes de ti teu igual não houve, e depois de ti teu igual não se levantará.   

13 Também te dou o que não pediste, assim riquezas como glória; de modo que não haverá teu igual entre os reis, por todos os teus dias.   

14 E ainda, se andares nos meus caminhos, guardando os meus estatutos e os meus mandamentos, como andou Davi,   

15 Então Salomão acordou, e eis que era sonho. E, voltando ele a Jerusalém, pôs-se diante da arca do pacto do Senhor, sacrificou holocaustos e preparou sacrifícios pacíficos, e deu um banquete a todos os seus servos.   

AO DEUS DAS TREVAS

O templo de Salomão foi erguido para adoração a Bahall o deus das trevas. Você poderia perguntar: Se foi erguido ao deus das trevas porque o CRIADOR se manifestava ali?

Resposta: O Criador se manifestava ali, porque a Arca da Aliança foi levada para lá. A arca que era guardada numa tenda de peles, que foi destruída por Salomão, e levada para dentro do Templo de Salomão.

Davi propôs em seu coração fazer uma morada para o CRIADOR, mas o criador lhe disse: Não Davi, eu farei para ti uma morada.


1 Então congregou Salomão diante de si em Jerusalém os anciãos de Israel, e todos os cabeças das tribos, os chefes das casas paternas, dentre os filhos de Israel, para fazerem subir da cidade de Davi, que é Sião, a arca do pacto do Senhor:   

2 De maneira que todos os homens de Israel se congregaram ao rei Salomão, na ocasião da festa, no mês de etanim, que é o sétimo mes.   

3 E tendo chegado todos os anciãos de Israel, os sacerdotes alçaram a arca;   

4 e trouxeram para cima a arca do Senhor, e a tenda da revelação, juntamente com todos os utensílios sagrados que havia na tenda; foram os sacerdotes e os levitas que os trouxeram para cima.   
5 E o rei Salomão, e toda a congregação de Israel, que se ajuntara diante dele, estavam diante da arca, imolando ovelhas e bois, os quais não se podiam contar nem numerar, pela sua multidão.  

6 E os sacerdotes introduziram a arca do pacto do Senhor no seu lugar, no oráculo da casa, no lugar santíssimo, debaixo das asas dos querubins.   

7 Pois os querubins estendiam ambas as asas sobre o lugar da arca, e cobriam por cima a arca e os seus varais.   

8 Os varais sobressaíam tanto que as suas pontas se viam desde o santuário diante do oráculo, porém de fora não se viam; e ali estão até o dia de hoje.   

9 Nada havia na arca, senão as duas tábuas de pedra, que Moisés ali pusera, junto a Horebe, quando o Senhor, fez u pacto com os filhos de Israel, ao sairem eles da terra do Egito.   

10 E sucedeu que, saindo os sacerdotes do santuário, uma nuvem encheu a casa do Senhor;   

11 de modo que os sacerdotes não podiam ter-se em pé para ministrarem, por causa da nuvem; porque a glória do Senhor enchera a casa do Senhor.   

12 Então falou Salomão: O Senhor  (um demônio, Bahall) disse que habitaria na escuridão.   

13 Certamente te edifiquei uma casa para morada, assento para a tua eterna habitação.  

14 Então o rei virou o rosto, e abençoou toda a congregação de Israel; e toda a congregação ficou em pe.   

15 E disse Salomão: Bendito seja e Senhor, Deus de Israel, que falou pela sua boca a Davi, meu pai, e pela sua mão cumpriu a palavra que disse:   

16 Desde o dia em que eu tirei do Egito o meu povo Israel, não escolhi cidade alguma de todas as tribos de Israel para se edificar ali uma casa em que estivesse o meu nome; porém escolhi a Davi, para que presidisse sobre o meu povo Israel.   

17 Ora, Davi, meu pai, propusera em seu coração edificar uma casa ao nome de Senhor, Deus de Israel.   

18 Mas o Senhor disse a Davi, meu pai: Quanto ao teres proposto no teu coração o edificar casa ao meu nome, bem fizeste em o propor no teu coração.   

19 Todavia, tu não edificarás a casa; porém teu filho, que sair de teus lombos, esse edificará a casa ao meu nome.  

20 E o Senhor cumpriu a palavra que falou; porque me levantei em lugar de Davi, meu pai, e me assentei no trono de Israel, como falou o Senhor, e edifiquei uma casa, ao nome do Senhor, Deus de Israel.

JEREMIAS É ENVIADO POR DEUS, PARA DESTRUIR O TEMPLO

12 E falou Jeremias a todos os príncipes e a todo o povo, dizendo: O Senhor enviou-me a profetizar contra esta casa, e contra esta cidade, todas as palavras que ouvistes.

A CASA SOMOS NÓS

Também os levarei ao meu Santo Monte e os alegrarei na minha casa de oração; os seus holocaustos e os seus sacrifícios serão aceitos no meu altar; porque a minha casa, será chamada casa de oração para todos os povos. Isaias

Vemos no trecho acima uma promessa para a eternidade, para um mundo que ainda não conhecemos, algo para a eternidade.

A CASA, o POVO, será levado. Nós somos a casa de oração, nós falamos e devemos falar para todos os povos as coisas do Criador.

(Holocaustos e Sacrifícios), não referem-se a sacrifícios de animais, pois o nosso Criador não aceita esse tipo de sacrifício.

Assista os nossos videos e entenda melhor os detalhes destes estudos:


Fonte (Verdade Oculta): http://www.youtube.com/user/verdadeoculta/videos


www.amigosdebolso.com.br

Um comentário:

Obrigado por comentar e indicar o Apocalipse Now.