Seguidores

quinta-feira, 28 de abril de 2016

200 milhões de cristãos são perseguidos no mundo: diz Relatório AIS

"Fontana di Trevi" será iluminada de vermelho, simbolizando o sangue dos mártires mortos por ódio à fé - RV

Fonte: http://br.radiovaticana.va/

"Fontana di Trevi" será iluminada de vermelho, simbolizando o sangue dos mártires mortos por ódio à fé - RV
"Fontana di Trevi" iluminada de vermelho
Os cristãos são o maior grupo religioso perseguido no mundo e suas condições continuam piorando em muitos dos países em que há tempos enfrentam graves limites à liberdade religiosa. É o que afirma o Relatório sobre a liberdade religiosa, publicado pela fundação “Ajuda à Igreja que Sofre” (AIS).
Publicado desde 1999, de edição em edição o Relatório da AIS continua denunciando a dramática tendência.

Para sensibilizar mais a opinião pública ao tema da perseguição, esta sexta-feira (29/04) a AIS iluminará a “Fontana di Trevi” de vermelho, simbolizando o sangue dos mártires cristãos mortos hoje por ódio à fé (considerada uma das mais célebres do mundo, a “Fontana de Trevi” é a maior fonte luminosa de Roma, ndr).


Estima-se que os cristãos perseguidos no mundo inteiro são cerca de 200 milhões. E em muitas áreas as condições deles continuam piorando.

Na África, onde grupos jihadistas como Boko Haram e al Shabab ganham sempre mais terreno. Na Ásia, onde aos fundamentalismos islâmico, hindu e budista se soma a perseguição perpetrada por regimes totalitários como o norte-coreano.

Entre os cenários mais difíceis, obviamente, o do Oriente Médio. No Iraque, onde de 2002 até hoje a população cristã passou de um milhão para menos de 300 mil, com uma impressionante média de 60/100 mil que deixaram o país a cada ano. Se a tendência continuar, em apenas cinco anos a comunidade cristã deixará de existir no País do Golfo.

Também o Patriarca caldeu de Bagdá, Dom Louis Raphael I Sako, aderiu à iniciativa da AIS. “Na sexta-feira à noite nos uniremos a vocês em oração. De tal modo, teremos a alegria de estar em comunhão e unidade com todo o mundo cristão”.

O Patriarca ressalta a necessidade de crescer na opinião pública a consciência do martírio. “Infelizmente, perseguir os cristãos tornou-se um fenômeno difuso. Não somente no Iraque, mas em muitas partes do mundo e até no Ocidente, onde os fiéis são discriminados.”

Além disso, ele recorda o valor do testemunho dos mártires cristãos: “Um modelo de amor total, fidelidade e sacrifício que deve levar todos a refletir. Nós, cristãos iraquianos, adquirimos força do testemunho de fé deles e temos a convicção de que o sangue dos mártires nos dará muita esperança e conseguirá mudar a situação atual”.

Na noite desta sexta-feira, diante da “Fontana di Trevi”, falará o bispo caldeu de Aleppo, Dom Antoine Audo, estes dias na Itália convidado da AIS para testemunhar o drama dos cristãos na Síria.

Também a Síria corre hoje o risco de acabar sem a presença de cristãos. Segundo Dom Audo, de um milhão e meio de cristãos que viviam no país antes da guerra, restaram apenas 500 mil. O símbolo do êxodo de fiéis da Síria é a cidade-mártir de Aleppo, até 2011 reduto do cristianismo na Síria e casa de 160 mil fiéis. Hoje restam apenas 40 mil. (RL)

O protagonista da Igreja é o Espírito Santo, Disse o Papa Francisco

O Papa Francisco celebrou a Santa Missa na manhã desta quinta-feira, (28/04), na capela da Casa Santa Marta e afirmou: O Espírito Santo é o Protagonista da Igreja.

Fonte: http://br.radiovaticana.va/

O Papa Francisco celebrou a Santa Missa na manhã desta quinta-feira, (28/04) e afirmou: O Espírito Santo é o Protagonista da Igreja.
Papa Francisco celebrando a Santa Missa - Em 28/Abr/2016
Na sua homilia, comentando a célebre passagem dos Atos dos Apóstolos sobre o chamado “Concílio” de Jerusalém, o Papa observa que “o protagonista da Igreja” é o Espírito Santo. “É Ele que desde o primeiro momento deu força aos apóstolos para proclamar o Evangelho”, é “o Espírito que faz tudo, o Espírito que conduz a Igreja adiante” mesmo “com seus problemas”, mesmo "quando se desencadeia a perseguição” é “Ele que dá força aos crentes para permanecerem na fé”, inclusive nos momentos “de resistência e insistência dos doutores da lei”.



🍎🍎🍎RENDA EXTRA + Alimentação a Custo Zero! Venha para a SCI. 🍎🍎🍎

Neste caso, há uma dupla resistência à ação do Espírito: a daqueles que acreditavam que “Jesus tinha vindo somente para o povo eleito” e daqueles que queriam impor a lei de Moisés, incluindo a circuncisão, aos pagãos convertidos. O Papa observou que "houve uma grande confusão em tudo isso":

“O Espírito colocava seus corações em uma estrada nova: eram as surpresas do Espírito. E os apóstolos viram-se em situações que nunca teriam imaginado, situações novas. E como lidar com estas novas situações? Por isso, a narração de hoje começa assim: 'Naqueles dias, tinha surgido uma grande discussão', uma calorosa discussão, porque discutiam sobre este assunto. Eles, por um lado, tinham o poder do Espírito – o protagonista – que impulsionava a avançar, avançar, avançar ... Mas o Espírito os levava a certas novidades, certas coisas que nunca tinham sido feitas. Nunca. Nem mesmo as tinham imaginado. Que os pagãos recebessem o Espírito Santo, por exemplo”.

Os discípulos “tinham um grande problema nas mãos e não sabiam o que fazer”. Assim, convocaram uma reunião em Jerusalém, onde “cada um contou a sua experiência” de como o Espírito Santo também descesse sobre os pagãos:

“E, no final, chegaram a um acordo. Mas antes há uma coisa bonita: 'Toda a assembleia ficou em silêncio e ouviu Barnabé e Paulo, que relatavam os grandes sinais e prodígios que Deus havia realizado entre as nações, entre eles'. Ouvir, não ter medo de ouvir. Quando alguém tem medo de ouvir, não tem o Espírito em seu coração. Ouvir: 'Você o que acha e por quê?'. Ouvir com humildade. E, depois, de terem ouvido decidiram enviar às comunidades gregas, isto é, aos cristãos que vieram do paganismo, enviar alguns discípulos para tranquilizá-los e dizer-lhes: 'Tudo bem, continuem assim’”.

Depois de ouvir e discutir, decidem escrever uma carta na qual “o protagonista é o Espírito Santo”. E então afirmam: “O Espírito Santo e nós decidimos...”. “Este – afirma o Papa – é o caminho da Igreja face às novidades, não às novidades mundanas, como modas e roupas, mas às novidades, as surpresas do Espírito, porque o Espírito sempre nos surpreende. E como a Igreja resolve isso? Como enfrenta estes problemas para resolvê-los? Com reuniões, com a escuta, o debate, a oração e a decisão final”:

“Este é o caminho da Igreja até hoje. E, quando o Espírito nos surpreende com uma coisa que parece nova, ‘que nunca foi assim’, ‘deve-se fazer assim’, pensem no Vaticano II, nas resistências ao Concílio... e o cito porque é um evento próximo de nós. Quantas resistências: ‘mas não...’. Ainda hoje persistem resistências, de uma forma ou outra, e o Espírito vai adiante. O caminho da Igreja é esse: reunir-se, unir-se juntos, ouvir-se, discutir, rezar e decidir. Esta é a chamada sinodalidade da Igreja, na qual se expressa a comunhão da Igreja. E quem faz a comunhão? É o Espírito! De novo é ele o protagonista. O que nos pede o Senhor? Docilidade ao Espírito. O que nos pede o Senhor? Para não termos medo ao ver que é o Espírito que nos chama”.

“O Espírito – releva o Papa – às vezes nos detém”, como fez com São Paulo, para ir de um lugar ao outro, “não nos deixa sós, nos dá coragem, nos dá paciência, nos faz percorrer, seguros, o caminho de Jesus, nos ajuda a vencer as resistências e a ser fortes no martírio”. “Peçamos ao Senhor – concluiu – a graça de entender como a Igreja vai avante, entender como, desde o primeiro momento, enfrentou as surpresas do Espírito e também, para cada um de nós, a graça da docilidade ao Espírito, para percorrermos o caminho que o Senhor Jesus quer para cada um de nós e para toda a Igreja”. (CM-SP)



Para ouvir:  

Satanistas defendem o aborto como “expressão religiosa”

Grupo invadiu protesto de cristãos contra clínica de aborto

Fonte: www.noticias.gospelprime.com.br
por Jarbas Aragão

Satanistas usando máscaras de bebês, manifestam-se à favor do aborto.
Satanistas usando máscaras de bebês
Nos Estados Unidos, o satanismo deixou de ser uma forma de adoração secreta, circunspecta a um templo escuro em local secreto. Nos últimos tempos, os adoradores confessos de Satanás têm vindo a público em manifestações que misturam sua fé com questões políticas. Eles vêm pedindo o reconhecimento de suas crenças no mesmo patamar de todas as outras religiões.

Durante o protesto nacional contra a rede de clínicas de aborto Planned Parenthood no último sábado (23), 228 locais de “controle de paternidade” foram alvos de manifestações de grupos “pró-vida”. Cerca de 10.000 participantes, a imensa maioria de cristãos, foi para a rua defender o direito à vida.

Na cidade de Detroit, Michigan, os membros da organização Templo Satânico interromperam a manifestação de forma bizarra. Vestindo máscaras de bebês e com roupas que parecem ter vindo direto de um sex shop, eles fizeram uma performance teatral que chocou os que passavam pelo local.
Dez pessoas ficaram batendo uns nos outros com chicotes, passando talco e tomando mamadeiras, tentando imitar crianças. Ao mesmo tempo, dois homens encapuzados, que seriam os ‘sacerdotes’ imitavam gestos e frases usadas nas missas católicas.

Para os satanistas, os cristãos não têm direito de se opor ao que chamam de “prestação de serviços” a mulheres que são donas de seus próprios corpos. Sua encenação era uma crítica ao que chamaram de “idolatria dos fetos”. Para eles, esse “erotismo e as imagens poderosas” serviam como “ferramentas para comunicar ideias complexas”.

Os manifestantes do grupo pró-vida filmaram parte da performance grotesca e divulgaram na internet. Também estão fazendo pedidos de oração pela vida dos manifestantes satanistas. Na cidade de Ferndale, também no Michigan, outro grupo de satanistas fez o mesmo tipo de contraprotesto, ofendendo os cristãos do local.


quarta-feira, 27 de abril de 2016

Jovem esfaqueia pastor e porteiro durante culto na Assembleia de Deus de GO; vídeo

Rapaz de 23 anos foi contido por fiéis e acabou preso por policiais.
Funcionário ferido está internado; já o religioso foi atendido e liberado.

Fonte: http://g1.globo.com/
Por: Sílvio Túlio

Rapaz de 23 anos atinge o Porteiro e o Pastor da Igreja Assembléia de Deus com facadas.
Homem invade Igreja armado com faca
Um jovem de 23 anos foi preso após invadir uma igreja e esfaquear o porteiro e o pastor, em Porangatu, região norte de Goiás. O crime ocorreu durante a realização de um culto e foi flagrado por câmeras de segurança do local.

O caso ocorreu na noite de terça-feira (26). Nas imagens, é possível ver quando o jovem, que está sem camisa, aparece na porta da igreja. Ele empurra o porteiro, Galeno Vinhal Ribeiro Neto, e, em seguida, o ataca com a faca.

Ferido na mão, o porteiro foi socorrido e levado ao Hospital de Urgências de Anápolis (Huana), onde segue internado. O G1 entrou em contato com a unidade de saúde nesta tarde, mas não conseguiu retorno sobre o estado de saúde do paciente, até a publicação desta reportagem.

Assim que o jovem invadiu o templo e feriu o porteiro, o pastor João de Deus dos Santos, de 52 anos, tentou contê-lo, mas acabou caindo e também foi esfaqueado na nuca. Ele foi socorrido e já está em casa.

"Observei um homem vindo com uma faca grande na mão. Ali, naquele momento, quando eu pulei nele, o meu pé enganchou em um dos fios do retorno do som. Antes de ir ao chão, ele conseguiu me acertar na nuca", diz.

Quando ele é ferido, as câmeras mostram um tumulto dentro da igreja. Fiéis saem desesperados pelas portas laterais. "Foi muito desespero, uma cena de terror mesmo porque a gente não esperava. Mas graças a Deus, o pior não aconteceu”, disse a cantora Jocivalda Moisés.

Susto

O pastor afirma que o suspeito estava "visivelmente drogado e aparentemente embriagado". Ele conta que o jovem havia passado a tarde em um bosque que fica em frente à igreja, ponto contumaz e usuário de drogas.

"Ele iria entrar para fazer tumulto. A mãe dele, já falecida, frequentava a igreja. Ele é desviado. Pouco antes, tinha ido lá, mas o porteiro conversou com ele e evitou a sua entrada. Ele saiu, pegou uma faca no bosque e voltou", disse ao G1.

João de Deus afirmou ainda que, após feri-lo, o jovem saiu manuseando a faca e, por pouco, não atingiu outros fiéis. Alguns dos presentes chegaram a arremessar cadeiras para evitar novos atos de violência. Somente do lado de fora, ele foi contido por um grupo de pessoas até que a polícia chegasse.

Policial militar da reserva desde 2013, o pastor conta que quando viu o agressor, relembrou sua antiga função. "É quase que incontrolável [proceder assim], faz parte. Agi mais por instinto de policial do que de pastor. A intenção era conter o jovem", afirma.

terça-feira, 12 de abril de 2016

Visão do Arrebatamento, Mulher conta comovida, a visão que Deus lhe deu

Uma mulher divulgou na internet a poucos dias (05/04/2016) um vídeo, no qual ela descreve muito emocionada a visão do Arrebatamento que Deus lhe deu enquanto ela cuidava dos afazeres domésticos em sua casa.

Vídeo publicado no Youtube em 05/04/2016.

Evangélica alerta para o Arrebatamento

A Paz do Senhor amados,

Evangélica alerta para o Arrebatamento
Eu quero compartilhar com você uma experiência, algo que eu nunca havia vivido!

Eu estava na pia da cozinha e comecei a passar mal; Então fui me abaixando aos poucos, até ao ponto em que fiquei de joelhos no chão.

Comecei a orar e tive a sensação de que iria morrer! Passei a clamar ao Senhor e pedir perdão;  Eu dizia: Senhor, me perdoa! E ali ainda de joelhos, eu ouvi uma voz ao meu lado que dizia: Levante-se e abra os teus olhos e avise ao meu povo, que o tempo acabou!

Eu confesso aos irmãos, e quem me conhece, sabe que eu não tenho medo das coisas que vejo e que eu procuro sempre agradar a Deus. E eu abri os meus olhos e naquele momento eu não vi mais a cozinha onde eu estava;
Eu via a cidade de Tarumã (SP) e suas ruas estavam todas abertas ao meio, como se tivesse acontecido um terremoto! Muitos acidentes de carro, muita gente machucada!, muito sangue na terra.

Cidade de Tarumã - SP
Cidade de Tarumã - SP
Eu olhei e vi muitas igrejas, e estas igrejas estavam sem telhado e havia muita gente dentro delas! Todas, ajoelhadas, gritando e chorando.

Havia acontecido o Arrebatamento Igreja!

Jesus havia voltado! E muita gente havia ficado.

Quando contemplei a quantidade de pessoas que haviam ficado, eu entrei em desespero! Eu confesso aos irmãos, que eu nunca senti uma dor tão grande quanto a dor que estou sentindo agora, por conta das coisas que eu vi. É como seu tivesse vivendo aquele momento.

Aquela voz ou aquela pessoa continuava ao meu lado e dizia: Avisa o povo! Avisa o povo que EU estou voltando! Diga ao meu povo que o tempo se findou; Dia que Jesus virá buscar a Igreja e pagará todo mundo despercebido!

Eu insistia em ficar de olhos fechados e dizia: Senhor, eu não quero ver nada disso!

Eu pedia muito perdão, Senhor me perdoa! E ELE insistia, avisa o meu povo, abre a tua boca. Eu estou voltando e não é brincadeira! Vai ser dessa maneira.

Eu via a maior parte das pessoas dentro das Igrejas, as ruas estavam vazias porque por causa do terremoto, todas saíram correndo. Aquelas que permaneceram nas ruas estavam feridas, muito machucadas, sangravam muito, muitos gritos, muita fumaça, muito fogo, carros e casas pegavam fogo, como se algo tivesse caído sobre elas. Carros invadiam casas, próximo ao terminal rodoviário, um acidente horrível com dois ônibus que se chocaram um contra o outro antes mesmo de chegarem à rodoviária!

Muitos gritos, muitos gritos, muitos, muitos gritos! Muita gente passando mal.

Eu comecei a chorar, chorar muito! E eu não conseguia parar de chorar.

Agora, são 14:30h e eu tive essa visão por volta do Meio dia, e está sendo muito difícil para mim divulgar isso na Internet. Porque na hora eu dizia: O povo não escuta! As pessoas vão zombar de mim! Ele dizia: Não importa! Abra a tua boca! Fala que eu estou voltando, EU estou chegando e EU vou buscar o meu povo. Mas o meu povo está despercebido! Eles me buscam apenas da boca para fora e estes que estão netas condições irão ficar! Quem não estiver vigilante vai ficar.

Eu espero que este vídeo alcance muitas pessoas!

Seja lá o que você estiver fazendo, é momento de se arrepender, é momento de entrar na presença do Senhor.  Peça Perdão! Nós não sabemos a hora que ELE vai chegar! Mas ELE já está vindo.

Fale para a sua família, fale para os seus irmãos, fale para os teus filhos, para o teu marido, avise a todos que você puder falar que Jesus está voltando.

Igreja, não é tempo de se apegar a bens materiais! De se apegar a nada!

É momento de arrependimento! É necessário um grande arrependimento! Ou pessoas que estão dentro da Igreja vão ficar.

Se nós não nos arrependermos irmãos, e não tivermos total misericórdia de Deus, meus irmãos, nós iremos ficar.

Que Deus tenha misericórdia de Nós!

Amém.

ASSISTA O VÍDEO



domingo, 31 de janeiro de 2016

Faltam 3 minutos para o Apocalipse, dizem cientistas

Simbólico "Relógio do Apocalipse" é adiantado para 23h57. Horário é o mais crítico em mais de 30 anos. Quanto mais próximo das 24:00 está seu ponteiro, mais o apocalipse se aproxima da civilização, segundo cientistas.

O Relógio do Juízo Final está a apenas três minutos da meia-noite catastrófica

Cientistas da Bulletin of the Atomic Sciences adiantaram o simbólico The Doomsday Clock  "Relógio do Apocalipse" para 23h57. Quanto mais próximo da meia-noite, mais perto estamos da extinção da humanidade. 

O horário é um dos mais críticos de todos os tempos, igualando 1984, quando se temia uma possível guerra nuclear causada pela Guerra Fria.

Há mais de um motivo para justificar o novo horário, mas a manutenção e a produção de armas nucleares ainda é o fator mais propício a nos levar ao fim definitivo.

A última vez que a agulha andou foi em 10 de janeiro de 2012, quando o relógio avançou dois minutos e se posicionou às 23h55.

O boletim aponta que, apesar de o Ocidente dar atenção apenas às movimentações nucleares da Coréia do Norte e do Irã, outras 20 nações possuem capacidade, ou intenção, de construir material bélico nuclear. Até o Brasil, suspeito de tentar elaborar uma arma nuclear em 2010, é citado na avaliação. "Enquanto armas nucleares forem tratadas como formas legítimas de segurança nacional, toda a humanidade permanecerá sob o risco da tecnologia mais perigosa que existe na face da Terra", diagnostica o órgão.

Ele não existe fisicamente ( ou seja, não é uma máquina), mas apenas como um símbolo que aparece na capa do Bulletin of Atomic Scientists, uma publicação sobre segurança global da Universidade de Chicago. Em todas as aparições, o relógio marca um horário que está a poucos minutos de bater na 0h ( a suposta hora do juízo final).

Apesar de países emergentes no ramo nuclear serem uma preocupação, o comunicado também mira em velhos conhecidos. Rússia, Estados Unidos, França, e Reino Unido continuam a modernizar seus arsenais nucleares, mesmo sem qualquer justificativa. Além disso, esses países apresentam novas formas de tecnologia para fins militares, principalmente de espionagem.

Os cientistas levam em conta acidentes biológicos, eventos climáticos e poderio militar para determinar cada horário. Criado em 1947, o relógio foi publicado 20 vezes.

Outro risco apontado pelo Bulletin são as mudanças climáticas. O órgão alerta sobre o clima desde 2007 (quando o relógio batia a sete minutos para meia noite), mas acredita que os esforços de líderes mundiais foram ineficazes desde então. "Tudo o que foi feito até agora se mostrou insuficiente para frear o aquecimento global", diz o novo manifesto. Na última semana, pesquisadores da Nasa e Noaa (a agência americana de oceanos e atmosfera) afirmaram que 2015 foi o ano mais quente da história - e a previsão é que 2016 seja ainda mais quente.

O "Relógio do Apocalipse" foi idealizado em 1947 como um símbolo para alertar a sociedade sobre uma possível catástrofe nuclear. Naquela época, com o mundo recém-saído da Segunda Guerra e dois anos após os bombardeios nucleares contra Hiroshima e Nagazaki, o relógio marcava sete minutos para a meia-noite. Até hoje, foram 22 ajustes.  O horário 23h57 já havia sido marcado em 1949, quando a URSS testou sua primeira bomba atômica. Em 1953, quando Estados Unidos e União Soviética fizeram os primeiros testes com bombas de hidrogênio, o relógio chegou a 23h58, o mais tarde que já foi registrado. Com o fim da Guerra Fria, o relógio se distanciou da meia-noite, adiantando-se para 23:43 em 1991. Mas, de lá para cá, com a disseminação de arsenais nucleares por países cada vez menos confiáveis e o aprofundamento das mudanças climáticas, ele só andou para frente. 

Minutos do medo
Os altos e baixos do relógio apocalíptico
1947/23H53
Primeira publicação.
O mundo vivia o pós-guerra e a ameaça de bombas atômicas
1953/23h58
Pior ponto já registrado, marca alcançada devido a testes de bombas termonucleares
1991/23h43
Melhor ponto já registrado. EUA e União Soviética assinaram acordo de redução de armas
2012/23h55
Ameaças do aquecimento global e das reservas nucleares
2015/23h57
Momento mais tenso desde a Guerra Fria. A probabilidade de catástrofe global é muito alta



Fontes: Wikipedia.org | http://noticias.terra.com.br | http://mundoestranho.abril.com.br | http://oglobo.globo.com/